Boleto Registrado – Guia Completo

O boleto é uma forma de pagamento muito conhecida e utilizada pelos comerciantes e pelos compradores. Geralmente usada para o pagamento de contas de serviços ou produtos. No final do ano de 2015 começou uma discussão sobre o registro de boletos. Seria importante ter esse boleto registrado, porem a preocupação é quanto ao aumento de taxas sobre a forma de pagamento.

Por ser muito utilizada essa mudança gerou muita discussão nas redes sociais. Porem você sabe a diferença de um boleto registrado ou não registrado? Nesse artigo explicaremos a diferença e como registrar seu boleto de forma eficiente e rápida.

A diferença de boletos registrados ou não

A mudança da forma de pagamento, obrigando agora os boletos a ter registro preza pela segurança do consumidor. Por isso entenda melhor essa diferença entre boleto com e sem registro.

O boleto sem registro não é vinculado com nenhum banco, assim como não vem com importantes informações como data de validade e valor. Apesar de ser muito utilizado, principalmente por lojas online, essa forma de pagamento não é segura, trazendo risco ao consumidor.

O boleto registrado tem uma vinculação com algum banco especifico, o qual é efetuado o pagamento, e contam as informações principais. Esse é emitido por um arquivo digital e é imediatamente enviado para o banco que tem a vinculação todas as informações necessárias a fim de identificar a pessoa ou empresa que fará o pagamento. Essa forma de boleto foi criada por ser mais segura para amos os lados da transação financeira.

A preocupação quanto a mudança nas vendas online é o custo. Quando o boleto é registrado e o cliente desiste da compra a empresa acaba ficando com o custo da emissão do boleto, tal gasto faz as empresas repensarem quanto a forma de pagamento utilizada. Enquanto o boleto sem registro pode gerar confusão na economia da empresa, pois os bancos não confiram o pagamento ou não do valor. Estes também podem ser perigosos para o consumidor já que aumenta o numero de fraude com esse tipo de documento.

Como registrar boletos de pagamento

Agora que você já sabe a diferença, assim como as vantagens e desvantagens, do boleto com e sem registro entenda como registrar. Se você que emitir um boleto, mas não sabe como registrar nos ajudaremos nesse tópico.

A emissão de um boleto registrado é uma operação simples. Demanda pouco tempo e oferece mais segurança. Para registrar basta você enviar o arquivo gerado com a emissão do boleto para a instituição bancaria de sua preferência.

Nesse arquivo o banco receberá todas as informações necessárias que no boleto sem registro seria facultativo como a identificação da pessoa ou instituição que irá pagar o boleto, o CPF ou CNPJ dessa pessoa o instituição, valor da cobrança, data de validade do boleto e quantia de juros caso atrase o pagamento.

Com boletos registrados os comerciantes e as instituições terão mais controle sobre o faturamento. Pois com ele é mais fácil descobrir se o boleto foi pago ou não.

Apesar de todas as vantagens o registro do boleto acarreta custos para a instituição, pelas operações bancarias, o que pode afetar mais as empresas que utilizam mais desse método de pagamento. A nova plataforma de cobrança foi implementada no ano de 2015. Começando a valer para valores superiores a R$ 50.000,00, com intenção que até o final de 2017 boletos de qualquer valor estar na plataforma.

Por meio desse link  você terá acesso a cartilha que a federação nacional dos bancos publicou com a mudança. Nela você encontrará todas as informações necessárias para entender essa mudança do mercado.

Mudanças no dia a dia

A mudança da obrigatoriedade de boletos com registro parece uma grande mudança. Mas na pratica as diferenças não serão tão grande assim. Primeira grande mudança da pratica é que toda empresa deverá registrar o boleto em uma instituição bancaria pela plataforma de cobrança. Os dados dos boletos devem estar com o nome, CPF ou CNPJ e o endereço do devedor. Após o registro o boleto será transmitido ao banco. Sendo possível assim pagar o mesmo após o vencimento em qualquer instituição.
Como visto a mudança parece muito radical, porem não irá afetar muito a rotina de pagamento. Essa mudança veio para a segurança tanto da empresa como do consumidor. Como explicado acima o registro é feita de forma rápida e fácil pela plataforma de cobrança. Na cartilha que a federação brasileira de bancos lançou, você tem acesso a ela por esse link acima, está tudo explicado de uma forma clara e especifica.

A facilidade também será trazida por essa forma já que as empresas poderão ter mais controle sobre seu faturamento. O consumidor também sairá ganhando já que não haverá formas de golpes por esse meio de pagamento. Assim comece já a registrar seus boletos, e fique mais seguro.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo